O Gorjeio

Anoitecia. O cheiro leve de flores silvestres alastrou-se pelo quarto quando minha amiga abriu uma janela. Há horas eu estava ali, tentando em vão fazer com que minha amiga falasse o que estava acontecendo com ela. Vi a pálida luz da lua iluminar o rosto de Manuella, revelando uma garota magra, cansada e profundamente abatida. … Continue lendo